quarta-feira, 28 de março de 2012

...se te dissesse....

...se te dissesse.... by @uroraboreal
...se te dissesse...., a photo by @uroraboreal on Flickr.

José Guilherme de Araujo Jorge
MONÓLOGO

Meu filho,
se te dissesse que poderia haver um mundo de duas classes,
em que uns trabalham e outros não,
e os que trabalham, mendigam, passam fome,
e os inúteis gozam e desperdiçam.

Se te dissesse que poderia haver um mundo
em que uns têm tudo: pão, remédio, crianças, futuro,
-já nasceram proprietários do futuro!
e os outros não têm nada, nem mesmo os meios para a luta,
a grande luta desigual.

Se te dissesse que nesse mundo
há homens de automóveis, tapetes, mulheres perfumadas,
e homens na chuva, ao relento, mulheres nas calçadas,
e aos primeiros não causa a menor impressão tal acontecimento,
e os outros não se revoltam, - estendem apenas a mão vazia
- e exalam lamúrias.

Se te dissesse que a justiça e a fé são mercadorias inacessíveis
aos realmente necessitados:
e o Direito é apenas a lei que manterá tal estado de coisas;
e há homens que jogam a riqueza pelo prazer de jogar
e outros que a mereciam e morrem sem conquistá-la.

Sem comentários: