domingo, 11 de novembro de 2007

No Outono da Vida

O meu Verão está a acabar...estou a entrar no Outono da Vida...
Não é que o sinta verdadeiramente,mas vê-se nitidamente pelo calendário...
Nunca liguei muito a calendários, sempre vivi a minha vida ao sabor do tempo, das necessidades, dos risos e das lágrimas, do que recebi e dei, vivo o presente e olho o futuro com confiança. Como sempre virá recheado de alegrias e tristezas, bons e maus momentos, saúde e doença, sol e chuva, certezas e interrogações...normal.
Esforço-me e com algum exito a não sofrer por antecipação.
Acompanho os tempos e continuo a aprender. Aprendo muito com os mais novos, dizem coisas que eu me admiro como já sabem,se eu levei tantos anos a aprender, verbalizam sentimentos que conheço mas nunca soube dizer e tantas outras coisas que nem sabia que existiam ou em que nuca pensei. E gosto dos mais velhos que me continuam a ensinar tanto! Gosto de pessoas e gosto que gostem de mim e que continuem a gostar; não que deixe de dizer o que tenho a dizer, sempre digo, tentando que entendam e me aceitem como sou, como tento aceitar tudo e todos. Ainda que não seja a minha opinião, acredito que em tudo há o bom e o mau - aproveito o que quero, o que me ajuda a crescer, o que me ensina a perceber os outros. Acredito nos outros, senão não conseguia viver bem.E teria Medo.
Tenho esperança no mundo - como uma vez li algures: a Esperança vê o invisível,sente o inatingível e alcança o impossível.
Gosto de gente interessante,venha ela de onde vier.
E mesmo agora a entrar no Outono da Vida quero continuar sempre em frente,a aproveitar tudo à minha volta,tudo mesmo, como se estivesse a entrar na Primavera...

Sem comentários: